sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Dia de neve'

| |


Por que eu faria tudo diferente? Porque eu iria querer fazer algo mudar? Deixa assim como está. Glorifica tudoo em sua volta. Um temporal definiria bem isso. A chuva cai, destrói, arranca árvores, passa, e depois mostra quem realmente as pessoas são. Definitivamente eu não me adaptaria a uma sociedade fútil assim. Parece que os conceitos das pessoas não fazem mais importância. Aonde está aquela história de moral e bons costumes? Quer saber? Pra mim que se foda essa história de moral e bons costumes. Quero mesmo é agir do meu modo. Fazer as coisas acontecerem. Eu moveria céus e terras pra ter o que eu mais preciso pra viver. Para ter você. Se eu mudasse algo talvéz eu não estaria aonde estou e nem estaria com você. Demorei muito pra encontrar alguém que me fizesse completa e feliz. Vose faz meu esqueleto travar, e só se soltar na hora de te ter em meus braços. Faz frio agora. Eu sei, você não está aqui, mas está dentro de mim. Minha sanidade me enche. Queria estar a ponto de te ver aqui. Queria poder conversar com você agora. Sinto falta das tuas palavras leves, com o teu sotaque tão bonito. Sinto falta da tua respiração em meu ouvido. Do teu cheiro infestado em minha roupa e em meu corpo. Tuas mãos pequenas em direção as minhas. O teu olhar penetrante no meu. Toda a tua atenção a mim, e sempre me dizendo sobre uma canção nossa. O teu colo aconxegante. A tua insitencia em acaricir o meu cabelo. É como se fosse presença absoluta. É como se fosse uma enchente que invade meu corpo e minha alma. E depois quando eu te encontro, é como se fosse um dia de neve. Você ali no canto todo preocupado se eu estou bem. Insitindo em dizer que me ama mais do que a você. Mas na realidade o amor mutuo entre agente não consegue ser medido. E nem os filosofos e físicos conseguirão explicar. Ninguém saberá dizer. Só nós sabemos explicar o quão mágico é estarmos juntos. Como se a realidade fosse o imaginário. O mundo de fantasias que eu crio com você.

0 comentários:

Ir arriba

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Escrevo pra não falar sozinho. - Cazuza https://twitter.com/_alemdosofa
Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Guia

Seguidores

Visitantes

contador
 
 

Diseñado por: Compartidísimo
Con imágenes de: Scrappingmar©

 
Ir Arriba