quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

É um contentamento descontente.

| |


Com o tempo agente aprende que de uma certa forma á males que vem para o bem. Se hoje você não faz mais parte da minha vida, isso me ajuda a querer viver mais. Viver melhor. Se você ainda fosse quem era, talvez eu não estaria aonde estou, e não seria quem eu sou. Minha mente não seria tão diferente, meu coração não seria tão frio por ter sofrido tanto. Mas...sofrimento? Esqueço disso. Nada mais me faz lembrar de como era viver com você. Nada me tras você de volta. Nada me deixa bem. Com o tempo agente aprende muita coisa. Aprende a dar valor em pequenas coisas, e desprezar as maiores. Corre riscos, indo atrás de coisas simples. Aprende que existem amigos e colegas. E que não se deve confiar cegamente em nenhum deles. Aprende também que quando a fome bate é preciso fazer comida. Aprende que não se deve depender de ninguém. Aprende que os embalos de sábado a noite não valem nada quando no fim do ano vose fica de recuperação. Aprende que ce vose não criar a sua vida, ninguém vai fazer isso por vose. Aprende que quando se quer expressar algo é preciso gritar, senão ninguém vai te dar ouvidos. Aprende que chamar a atenção para vose não é bom, que qualquer falha sua, todos vão estar atentos. Aprende que tudo que vose dizia ser atitude, era apenas rebeldia infantil, e que tudo que vose fez feriu apenas a si próprio. Aprende que nada nem ninguém pode te prender em algum lugar, e que as pessoas vão conseguir viver sem tua presença. Aprende que o tempo não para e que acima de tudo ele é curto demais.

0 comentários:

Ir arriba

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Escrevo pra não falar sozinho. - Cazuza https://twitter.com/_alemdosofa
Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Guia

Seguidores

Visitantes

contador
 
 

Diseñado por: Compartidísimo
Con imágenes de: Scrappingmar©

 
Ir Arriba