domingo, 3 de janeiro de 2010

Estou atirando para cima, idependente de onde vai cair'

| |

E eu começo a fazer novamente as mesmas burradas de antes. Minha incapacidade de controlar as coisas está se agregando e chegando a uma situação que eu não tenho mais o controle. Estou me tornando um pessoas que realmente não queria encontrar. Pensando bem eu já nem sei mais o que eu realmente queria encontrar. Parece que ninguém, por mais que goste de mim, das coisas que eu faço, me de toda ateção do mundo, já não me satisfaz. Se um dia acontecer alguma coisa que faça alguma diferença, eu já vou me sentir um pouco mais feliz. Imagina o que é se sentir COMPLETAMENTE sozinha e vazia. Mas como tudo encontra uma solução no final, eu espero que comigo não seja diferente. Sei lá se eu ainda sei falar de sentimento. Sei lá se eu sei sentir um real sentimento. Já percebi que ficar sozinha também não é a melhor solução, me trancar para o mundo só vai piorar as coisas. Talvez eu esteja procurando algo que não queira encontrar. Talvez minhas palavras já não façam mais sentido. Ou, o que queira é apenas achar um sentido. Eu sei que tudo que eu faço eu só afasto as pessoas de mim. Mas não é por mal. Eu faço as coisas por impulsso. Me faz mal minhas próprias atitudes. E o pior que eu nunca consigo me arrepender de ter tido elas. O que me falta é um pouco mais do inferno que se passa ao não ter anda nem ninguém. Quem sabe apartir dai eu tenha mais coragem para fazer as coisas (aparentemente) certas'

0 comentários:

Ir arriba

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Escrevo pra não falar sozinho. - Cazuza https://twitter.com/_alemdosofa
Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Guia

Seguidores

Visitantes

contador
 
 

Diseñado por: Compartidísimo
Con imágenes de: Scrappingmar©

 
Ir Arriba