terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Sempre chega uma hora'

| |


que não dá mais pra viver essa história mal contada, não sei como escrever.
Você não dá atenção ao que eu tenho pra dizer, dias em que o coração quase para de bater.
E um dia eu vou partir;
E um dia tu vais ver que isso tudo foi ruim, e eu não vou estar pra ouvir desculpas, que para mim, não me impedem de fugir.
Fecho as portas para ti, e tu choras sem saber que dói muito mais em mim, mais em mim do que em você.
Eu não quis te magoar, não quis te fazer chorar sozinho sabendo que tinha o mundo nas mãos.
Perdeu. Eu não quis te abandonar.
Você ignorou o que eu sentia, e agora está dizendo que não. Tarde demais.
Mas um dia, outra hora chega a hora de ir embora.
Como acaba essa história pra você?
E eu estou partindo agora;
Guardo tudo na memória;
Vou andando sem demora;
Adeus você.

0 comentários:

Ir arriba

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Escrevo pra não falar sozinho. - Cazuza https://twitter.com/_alemdosofa
Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Guia

Seguidores

Visitantes

contador
 
 

Diseñado por: Compartidísimo
Con imágenes de: Scrappingmar©

 
Ir Arriba