quarta-feira, 16 de maio de 2012

Assim, grosseiramente.

| |

Era um parque de diversões enorme! E apesar de não ser mais criança eu adoro esses parques. Eu corria com uma liberdade imensa e sempre gostava dos brinquedos que traziam mais adrenalina e não ia embora sem comer algum algodão doce. Mas esse dia foi diferente, tudo estava tão mais intenso, parecia que as cores gritavam ao meu redor, uma querendo chamar mais atenção que a outra. Não me cansava de correr nunca, não carregava bolsa, não estava com meu celular e nem ao menos me preocupava com a roupa que vestia. Tudo tão simples, até eu me dar conta que estava na minha cama, na minha rotineira cidade com o até então perdido celular despertando feito louco e me tirando como um arpão de um sonho tão gostoso.



0 comentários:

Ir arriba

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Escrevo pra não falar sozinho. - Cazuza https://twitter.com/_alemdosofa
Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Guia

Seguidores

Visitantes

contador
 
 

Diseñado por: Compartidísimo
Con imágenes de: Scrappingmar©

 
Ir Arriba