terça-feira, 2 de julho de 2013

Anne.

| |

"Só quero casar com a Anne, morar num apartamento pequeno e ser professor."

Foi ouvindo isso que me peguei pensando mais um vez em você, como se isso já não fosse natural. Eu quis ser a sua Anne, quis ter um sonho simples assim. Não conheço essa Anne, não conheço quem desejou isso, foi mais uma dessas frases que a maioria lê despercebidamente e um dia qualquer puxa do subconsciente jurando autoria própria. Querendo ou não acho que todas as frases são criadas assim, um lapso do subconsciente. Pois bem, eu pude nos ver em uma vida longa e próspera, não um romancetinho adolescente.  Uma apartamento pequeno onde aceitem animais, um casamento na praia descalços, um salário baixo mas suficiente, sem ambição alguma maior que a felicidade. Me vesti com aquele vestido florido guardado no fundo do armário, que você disse ficar lindo em mim, e te vesti com aquela calça azul turquesa que eu gosto tanto e você nunca usa. Estávamos sozinhos, nós e o mundo, em meio a toda aquela correria que a gente não sabia de onde vinha. Num quarto de hotel barato na beira da estrada depois de rodar horas atrás de uma conveniência que vendesse sua cerveja e meus cigarros, num quarto com uma só cama pra milhares de juras de amor. Na varanda daquela casa que depois de tanto economizar conseguimos comprar, um jardim pra ocupar nosso tempo, aquela sala iluminada, um eu e um você. Os livros na estante, você chegando do trabalho e me jogando na parede com aquele mesmo ardor dos 16. Na praia com teu jeans amaçando  a barra da minha saia, joelhos entrelaçados. Juntos até alguma fatalidade do destino nos separar, apenas isso. Eu quero ser sua menina, eu quero ser a sua Anne. 



0 comentários:

Ir arriba

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Escrevo pra não falar sozinho. - Cazuza https://twitter.com/_alemdosofa
Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Guia

Seguidores

Visitantes

contador
 
 

Diseñado por: Compartidísimo
Con imágenes de: Scrappingmar©

 
Ir Arriba