segunda-feira, 15 de julho de 2013

Julho.

| |

Eu te reinventaria todos os dias, todos os dias do mesmo jeito, e sussurraria no teu ouvido dizeres que tenho guardado á tempos, diria como eu gosto do jeito como você se preocupa comigo, diria como preciso que você fale comigo pro meu dia terminar bem. Ai você vem e me desmonta com um sorriso, justo eu que passei horas ensaiando pra não me render. Um sorriso daqueles que vem de dentro, e não digo isso da boca pra fora, é da alma pra fora, por que se você não vem eu já nem sei mais. Imagina se um dia desses você me deixa viver ao teu lado? Deixa de ficar se esquivando por ai e aterrissa logo no meu colo. Não entendo essa graça que você acha em ser sozinho, mas você acha graça em tanta coisa estranha, assim como em mim. Me entrega um mapa me ensinando como chegar até você, me manda tuas coordenadas que hoje eu quero te ver e viver tudo que não vivemos ainda. 


0 comentários:

Ir arriba

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Escrevo pra não falar sozinho. - Cazuza https://twitter.com/_alemdosofa
Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email

Guia

Seguidores

Visitantes

contador
 
 

Diseñado por: Compartidísimo
Con imágenes de: Scrappingmar©

 
Ir Arriba